Busca por estabelecimento:

Últimas Notícias

GERAL

 

Mobilização para preservar o verde do Parque de Coqueiros

22 DEZ 2021


Entidades são contra à instalação da pista de skate na área de lazer.
 

Nesta quarta-feira, dia 22, um grupo de representantes de entidades comunitárias da região de Coqueiros se reuniu com o secretário do Continente, Guilherme Pereira, para conhecer o projeto de revitalização do Parque de Coqueiros, que vai receber uma verba de mais de R$ 3 milhões.

No entanto, o engenheiro responsável pelo projeto, que, segundo o secretário, faz parte da equipe da Secretaria de Infraestrutura, responsável pela obra, não foi à reunião marcada por problemas particulares.

Entre os equipamentos que serão instalados no Parque e que fazem parte da revitalização está a instalação de uma pista de skate assinada pelo medalhista olímpico, Pedro Barros.

Contrários à instalação por acreditarem que a pista vai ocupar parte da vegetação e que também mudaria o projeto original do parque, os representantes sugeriram a colocação do equipamento de esporte ou no Parque do Abraão ou na Beira – Mar Continental, além da cabeceira continental da Ponte Pedro Ivo.  

“Essa área de lazer foi construída pela comunidade e, desde a sua implementação, a proposta era tornar o parque um local para brincadeiras ao ar livre, piqueniques, descanso em meio à natureza, enfim atividades que não venham a suprimir as áreas verdes”, apontou a presidente do Conselho de Segurança de Coqueiros, Elaine Otto que levou um histórico do Parque, com os mapas e as centenas de assinaturas dos moradores que contribuíram para a sua implementação (fotos).

“Acredito que todos esses nomes aqui estampados devem servir para dizer que essa área foi construída pela mobilização da comunidade e que, por respeito, a Prefeitura de Florianópolis deve ouvir esses moradores em  projetos que mudam o traçado original do Parque”, defende Elaine.    

“O Parque também não tem mais espaço para obras dessa natureza, pois uma pista de skate vai exigir a colocação de concreto e, no mínimo, por menor que seja, vai ocupar uma área de 200 a 300 metros quadrados”, disse o engenheiro e morador do bairro, Roberto Vaz.

Por sua vez, a geóloga Vera Brigel manifestou sua preocupação com a falta de manutenção dos espaços públicos. “Acredito que mais importante do que grandes obras em parques e praças é cuidar do solo, das árvores e dos equipamentos que já existem e estão sem conservação. A Praça da Praia do Meio é um exemplo assim como o Parque de Coqueiros”, denunciou.

Ficou definido que será feita uma próxima reunião no início de janeiro. Dessa vez, com a apresentação do projeto à comunidade. “Nunca pensei que a reação da comunidade seria contrária a esse equipamento de esporte. Mas acredito que todos vão gostar da pista, depois que conhecerem o projeto”, aponta Guilherme Pereira.

Estiveram presentes na reunião, além do secretário Guilherme Pereira, Elaine Otto, Vera Brigel e Roberto Vaz, a presidente da Pró-Coqueiros, Sibyla Loureiro, o morador e jornalista Leonardo Contin, e o presidente da Associação dos Moradores e Amigos do Bom Abrigo (Amaba), Eduardo Mautone.  

 


Fotos