Busca por estabelecimento:

Últimas Notícias

Seguranca

 

Polícia Civil divulga plano para reduzir violência na Capital

29 MAR 2018


Projeto inclui mudança de horário nas delegacias

Conselhos de Segurança de Florianópolis, Polícia Militar, Guarda Municipal e imprensa participaram na terça-feira, 20, de uma audiência pública para debater mudanças nas delegacias da cidade. Promovido pela Diretoria de Polícia da Grande Florianópolis – DPGF, o evento, que aconteceu no auditório da CDL, teve como objetivo apresentar um Plano de Atuação Contra a Violência na Capital. O projeto prevê a criação de seis Centrais Regionais de Boletim de Ocorrência (BO) com o aumento de agentes da polícia para investigação. Na prática, a proposta é reduzir o número de policiais no registro de Boletins de Ocorrência e aumentar o número de investigadores. Atualmente, as 10 delegacias de bairros têm juntas 19 investigadores, número que ampliaria para 62.

Para viabilizar a implantação das centrais, serão suspensos o atendimento ao público - no período noturno e de manhã - em quatro delegacias da Capital (veja abaixo). Entre elas, a 4ª DP de Coqueiros, que irá funcionar das 12h às 19h. 

A expectativa é iniciar o projeto no mês de abril, tão logo sejam finalizadas algumas questões burocráticas e tecnológicas como, por exemplo, a instalação de interfones nas delegacias que terão seus plantões suspensos. Será uma forma de comunicar à população onde ela deve se dirigir para fazer o BO. No caso da delegacia de Coqueiros, a Central mais próxima será a 3ª DP de Capoeiras. “Todas as regiões da Capital (Norte, Sul, Leste, Continente e Centro) terão locais para registro de Boletim de ocorrência”, diz o diretor da DPGF, delegado Verdi Furlanetto.

 “Haveria um salto numérico dos atuais 19 agentes da investigação para 62 agentes, e a redução dos atuais 58 agentes fixos no plantão para 24 policiais fixos no plantão, além da redução de 33 agentes do expediente para 26 policiais”, explica o delegado. Segundo ele, o projeto pretende beneficiar a população dos bairros com a investigação dos crimes de médio potencial como furto, e de pequeno tráfico de drogas nas praças e portas de colégios. “Pretendemos triplicar a força da investigação e dar atenção especial à comunidade. E deixar as ocorrências mais graves às delegacias especializadas”, completa Furlanetto.

Presente à audiência, o secretário adjunto da Secretaria Municipal de Segurança, Augusto Fernandes Junior, o Juninho Mamão, parabenizou a iniciativa destacando a importância de a polícia atender ao cidadão comum que compra uma televisão, um carro e tem seu patrimônio furtado.

Confira as delegacias que terão o plantão de atendimento ao público suspenso das 19h às 12h e a Central de BO - Plantão de atendimento ao público funcionando 24h

  • Região Central- 5ª DP: Central de BO mais próxima 1ª DP e 6ª DP;
    Região Continental- 4ª DP: Central de BO mais próxima 3ª DP;
    Região Norte- 8ª DP: Central de BO mais próxima 7ª DP;
    Região Sul- 2ª DP: Central de BO: 1ª DP e 10ª DP e Sub DP Aeroporto


Fotos