Busca por estabelecimento:

Últimas Notícias

GERAL

 

Prefeito divulga a programação da temporada de Verão

8 OUT 2021


Ações envolvem a retomada econômica e turística da Capital

Réveillon nas avenidas Beira-mar Continental e Beira-mar Norte, Carnaval de rua, desfiles de escolas de samba, melhorias nas praias e passaporte de vacinação. E ainda a liberação do uso de máscara em locais abertos, caso a cidade tenha imunizado 80% da população com as duas doses da vacina contra a Covid-19.

Essas e outras ações foram divulgadas na segunda-feira, 4, pelo prefeito Gean Loureiro em evento que reuniu imprensa e alguns convidados, no Cine Show do Beira-Mar Shopping. Intitulado Verão da Virada, o projeto lança uma ampla programação para a retomada econômica e turística para o verão de 2022.

“Ao contrário de 2020 quando a administração municipal desestimulou os turistas a visitarem Florianópolis, por conta da pandemia, esse ano a situação é inversa. Com o avanço da imunização e boa adesão da população, a expectativa é termos uma das melhores temporadas dos últimos anos”, aposta o prefeito, ao destacar que Florianópolis é a Capital mais eficaz no combate à Covid-19 no Brasil.

De acordo com o prefeito, a cidade apresenta o melhor índice do Sul do país, com 76,13% dos adultos e 60,87% da população geral com esquema vacinal completo.

Ao se definir “entusiasta da vacina” como medida de segurança e um direito coletivo da sociedade, Gean disse que “mais do que saúde, estamos falando de economia quando falamos de vacina”. Desse modo, informou que a Prefeitura de Florianópolis irá exigir que estabelecimentos comerciais cobrem que clientes apresentem comprovante de vacinação de Covid-19 para acessarem eventos com público maior do que 500 pessoas.

Trata-se do Passaporte da Vacina que será cobrado a partir de 16 de novembro. Serão exigidas as duas doses para adultos e uma dose para menores de 18 anos, pois ainda não terá dado o prazo para a segunda dose de todo esse grupo.

A comprovação será feita pelo aplicativo Conecte SUS. Outros eventos/comércios com capacidade menor do que 500 pessoas que queiram exigir a vacinação, poderão ganhar um selo de Local Seguro, para ficar exposto na frente do estabelecimento e divulgado no site da PMF.

“As pessoas se sentirão mais seguras sabendo que estão num local que exige que as demais pessoas estejam vacinadas, é algo natural. Não iremos obrigar, mas vamos estimular”, afirma Gean.

Para a retomada das atividades, a prefeitura vem se organizando desde o início do ano com projetos e ações. O objetivo é o retorno seguro e gradual das atividades com atuação coordenada e integrada entre as secretarias por meio de infraestrutura adequada.

Desse modo, o prefeito anunciou o início da programação especial de Natal a partir de novembro.  “Queremos criar um clima de fraternidade em toda a cidade, com as famílias comemorando juntas, com muita iluminação e atrações não só na Beira-Mar, mas também em todos os bairros de Florianópolis”, garante o prefeito.

Já as festas de Réveillon e Carnaval ainda estão indefinidas. As comemorações dependem do número de vacinados e da situação de risco da Covid-19.  

FOCO NA SEGURANÇA

Além da vacina, outra prioridade dentro da programação divulgada pelo prefeito para o próximo verão, está a segurança. Gean destacou que a Guarda Municipal irá trabalhar por 24 horas com rondas em praias, espaços públicos e pontos turísticos, em parceria com a Polícia Militar. Os agentes também terão uma base itinerante, além da base fixa no Norte da Ilha, para ajudar na fiscalização no Sul e Leste da Capital.

 “Temos que intensificar, principalmente, as blitz da Lei Seca para prevenir tragédias durante a temporada em consequência do uso do álcool e direção”, pontua Gean. De acordo com o secretário municipal de Segurança Pública, Araújo Gomes, o consumo de álcool terá fiscalização intensiva nos finais de semana de 25 de novembro a 25 de fevereiro.

Conforme Araújo Gomes, outras ações estão projetadas para a temporada de verão de acordo com planejamento da Secretaria Municipal de Segurança. Entre elas, a fiscalização intensiva de ambulantes.

“O foco principal, além da falta de alvará, será na repressão de mercadorias ilegais”, garante o secretário. Segundo ele, será feito também um contrato com guincho para retirar os carrinhos difíceis da praia que não tiverem licença para trabalhar no local. Nos bairros, a Operação Tapete Persa, que vai fiscalizar os ambulantes, começa dia 11 de novembro.

Outra ação já conhecida é o Lata Velha nos bairros, que trata do recolhimento de veículos abandonados nos balneários. “Em duas edições, já recolhemos mais de 50 veículos abandonados em ruas de Florianópolis”, contabiliza o secretário.

Confira a programação completa do Verão da Virada no site da prefeitura https://www.pmf.sc.gov.br/noticias/index.php?pagina=notpagina&noti=23750


Fotos