Busca por estabelecimento:

 

Últimas Notícias

GERAL

 

Floripa Se Liga Na Rede completa mais de 4.300 inspeções de esgoto, com 27% dos imóveis regulares.

12 JUL 2021


Balanço atualizado aponta volume de irregularidades nos três bairros de atuação do programa: Centro, Agronômica e Coqueiros

De janeiro de 2020 a julho de 2021, o Floripa Se Liga Na Rede completou 4.348 inspeções de esgoto, incluindo retornos (952), nos três bairros em que o programa hoje está presente: Centro, Agronômica e Coqueiros.

Foram 3.396 imóveis inspecionados, de todos os tipos – prédios residenciais e empresariais, casas, restaurantes, shoppings, hotéis, escolas, comércios de rua –, dos quais 914 (27%) encontram-se com todas as ligações de esgoto regulares.

Balanço atualizado indica a seguinte situação por localidade:

– Centro – 2.700 inspeções totais, em 2.071 imóveis, com 73% irregulares;

– Agronômica – 603 inspeções totais, em 492 imóveis, com 80% irregulares;

– Coqueiros – 1.045 inspeções totais, em 833 imóveis, com 70% irregulares.

Dentre os três bairros, o Floripa Se Liga Na Rede iniciou primeiro os trabalhos no Centro. A expansão progressiva da área de atuação, a partir da região da Beira-Mar Norte, fez com que o programa entrasse, com o tempo, na Agronômica.

Coqueiros é o mais novo evento regional do Se Liga, com as equipes retornando ao Continente – o programa já havia atuado, entre 2018 e 2019, no Abraão e no Bom Abrigo – em dezembro de 2020.

Irregularidades – Os problemas mais comuns detectados nas inspeções, e que são os responsáveis pelo alto volume de irregularidades, têm relação com a caixa de gordura, seja por ausência do dispositivo, subdimensionamento ou inconformidade com as normas técnicas, em um total de 2.345 casos.

Menos frequente, porém mais grave, esgoto conectado à rede de drenagem pluvial – considerada crime ambiental pela legislação – foi constatado em 229 imóveis, 160 deles no Centro.

Em uma inspeção, o programa faz testes com corante em cada ponto de geração de esgoto do imóvel, a fim de confirmar se todos têm a destinação adequada, e verifica caixas de passagem, de gordura e pluviais. Detectada alguma irregularidade, o(a) morador(a) recebe orientação técnica e prazo para se regularizar.

Ligações sanitárias inadequadas poluem mar, rios e baías, entopem as redes públicas de esgoto e de drenagem e causam vazamentos nas ruas.

O programa – O Floripa Se Liga Na Rede é um programa da Prefeitura Municipal de Florianópolis (PMF), realizado em parceria com a Casan e executado pela ECHOA Engenharia, que busca promover a correta ligação dos imóveis da cidade à rede coletora de esgoto, atendendo bairros específicos por vez.

Uma das frentes da política de saneamento básico de Florianópolis, o programa oferece uma consultoria técnica e gratuita que analisa se o esgoto do imóvel está ligado de forma correta ou não à rede. O agendamento da inspeção fica a cargo do(a) morador(a) ou proprietário(a).

BLITZ EM COQUEIROS
Para atender às denúncias de irregularidades no sistema de esgoto de Coqueiros, a equipe do Se liga na Rede informou que já está em pauta uma ação de fiscalização pelo Grupo Sanear Floripa na região.

A expectativa, de acordo com o engenheiro Sanitarista Luan Casanova, coordenador do Programa Se liga na Rede, é promover a blitz na próxima semana.

“Essas ações de fiscalização dependem de um certo planejamento, pois demandam de fiscais de mais de um órgão. Trata-se de uma força-tarefa da PMF e da Casan formada por fiscais e técnicos da Floram, Vigilância Sanitária, Secretaria Municipal do Meio Ambiente (SMMA), Casan e ECHOA Engenharia”, explica.

 


Fotos