Busca por estabelecimento:

Últimas Notícias

GERAL

 

Praça projetada para a Rua João Roberto Sanford vira depósito de lixo

18 NOV 2019


Em junho de 2014, uma reivindicação antiga da comunidade foi atendida parcialmente pela Secretaria Municipal do Continente. Tratava-se da urbanização do final da Rua João Roberto Sanford esquina com Rua Jaú Guedes, em Coqueiros, um espaço que se transformaria em uma praça. Passados cinco anos, no entanto, o local virou depósito de entulho, dormitório para pessoas em situação de rua, além de ocupada por material de construção.

O morador, Antônio Luis Baldissera, que envia fotos para a redação da Folha de Coqueiros, questiona se “não está havendo uma nova invasão imobiliária na praça”. Até porque, a titulo de ilustração, cabe lembrar que a Pró Coqueiros, junto com a Secretaria do Continente, conseguiu impedir a apropriação do espaço público pelo proprietário do lote vizinho, que chegou a colocar tapumes ao redor da área.

Contatado pela Folha de Coqueiros, o secretário do Continente Edinho Lermos disse que, num primeiro momento, o terreno vai receber limpeza e a área também será incluída no programa de Revitalização de Espaços Públicos, projeto que envolve uma comissão de representantes da Floram, Comcap, e secretarias do Continente e de Infraestrutura. "A proposta é transformar os espaços em ambientes aprazíveis com flores e arte", disse o secretário. Vamos aguardar!

VEJA A MATÉRIA PUBLICADA NA FOLHA DE COQUEIROS EM JUNHO DE 2014.

Mais uma conquista da comunidade

Um problema que há tempos incomoda quem reside nas imediações das ruas Joao Roberto Sanford e Jaú Guedes deve ser resolvido em breve. A Secretaria Municipal do Continente, acatando uma antiga reivindicação dos moradores, vai urbanizar a área que fica no final da Sanford, transformando-a numa pequena praça.

O primeiro esboço do projeto (ver abaixo) foi feito pelos técnicos do órgão e, agora, deve ser encaminhado para avaliação do IPUF e da Floram, conforme o secretário do Continente, Dejair de Oliveira Júnior. Ele adiantou que  também pretende ouvir a opinião dos integrantes da Pró-Coqueiros, entidade que - junto com a Secretaria – conseguiu, depois de muita pressão, impedir a “apropriação” do espaço público pelo proprietário do lote vizinho, que chegou a colocar tapumes ao redor da área.

Derrubados os tapumes pela Prefeitura, o local acabou se tornando depósito de lixo, para preocupação de moradores como a síndica Mari Nascimento, do Condomínio Residencial Maria Carolina, localizado na Jaú Guedes. Conforme ela, além da sujeira, por conta da falta de iluminação várias pessoas se acidentaram, ao tropeçar nos desníveis das calçadas, provocados pelas raízes das árvores que se estendem pelos dois lados daquele trecho. Além disso, a falta de poda faz com que os motoristas que se dirigem à Jaú Guedes não vejam a placa de “Pare” e entrem em alta velocidade na preferencial.

Segundo o projeto da Secretaria, serão instalados pontos de iluminação, via recursos da Cosip (Contribuição para Custeio do Serviço de Iluminação Pública), o que deve evitar novos acidentes. Já em relação à poda, Dejair de Oliveira Júnior se comprometeu a discutir o assunto com a Floram.

Texto Márcia Quartiero

 


Fotos