Busca por estabelecimento:

Últimas Notícias

GERAL

 

Prefeito dá posse ao Conselho da Cidade

29 MAR 2018


O prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro, deu posse nesta quinta-feira, 28, ao Conselho da Cidade, órgão de caráter consultivo que irá discutir questões relacionadas ao planejamento urbano, habitação, saneamento e transporte da Capital. Entre as entidades eleitas para compor o Conselho, duas são da região Continental: Associação dos Moradores e Amigos do Bom Abrigo (Amaba) e o Conselho Comunitário de Capoeiras. “Uma vitória, com certeza, do movimento comunitário em favor das melhorias dos 11 bairros que compõem a área continental de Florianópolis”, destaca o presidente da Amaba Sidney Krueger (foto).

Para tanto, ao lado do presidente do Conselho de Capoeiras, Vanderley de Carvalho (foto), eles vão se reunir com as demais associações – no próximo dia 2, segunda-feira, para a escolha dos representantes do Conselho da Cidade. Serão dois titulares e dois suplentes.

Ao todo, o Conselho – cuja formação atende a uma demanda do Estatuto da Cidade - terá 40 assentos divididos em três categorias: sociedade civil organizada de abrangência difusa (12 representantes), entidades vinculadas a regiões da cidade (12 representantes) e órgãos públicos (16 representações). “Trata-se de uma conquista para Florianópolis nos seus 345 anos. Uma oportunidade para discutir assuntos polêmicos e encontrar soluções de forma conjunta”, diz o prefeito Gean Loureiro.

Segundo Michel Mittmann, diretor do Ipuf (Instituto de Planejamento Urbano de Florianópolis), a proposta é ter um conselho bem diversificado e representativo dos diversos setores da sociedade civil. “A vaga é da entidade e não de uma pessoa específica. A pessoa representará a entidade. Outra questão que vale ressaltar é que as entidades eleitas também farão a interlocução com as que não foram eleitas. ou seja, a instituição representa aquele conjunto de entidades do setor”, explica.

Lançado em fevereiro deste ano, uma das principais tarefas de 2018 será a revisão do Plano Diretor. “É um desafio e ao mesmo tempo memorável pois mostra claramente que têm pessoas que querem colaborar com a cidade”, afirma o Superintendente do IPUF, Ildo Rosa. No total, foram 102 entidades inscritas e 63 tiveram a documentação aprovada.

No início, o Conselho definirá o regimento interno e o cronograma de trabalhos. Haverá ainda um momento de explanação das principais legislações e das atribuições do próprio Conselho para, posteriormente, iniciarem as discussões pertinentes à cidade, como o Plano Diretor.

Fotos Cristiano Schmidt Andujar

 


Fotos