Busca por estabelecimento:

Últimas Notícias

GERAL

 

Com os dias contados

7 FEV 2018


Depois de várias ocorrências ocasionadas por três pés de Jambolão que ficam em frente ao Condomínio Forest Park, o síndico Carlos Alberto Lima resolveu chamar a Floram e tomar uma medida preventiva. De posse de um laudo de uma bióloga da Fundação que autoriza o corte das árvores, o síndico vai contratar bombeiros para fazer o trabalho em etapas.  “Elas já estão com mais de 60 anos e ameaçando cair. Todos os anos solicito uma poda de manutenção, mas agora o problema é sério e está colocando em risco a segurança das pessoas”, diz Carlos Alberto.

O maior problema, segundo ele, são as raízes que estão levantando a calçada e as pequenas frutas roxas que caem do pé. “Outro dia uma senhora escorregou nas frutas e por pouco não aconteceu uma tragédia”, aponta Carlos que improvisou uma espécie de tenda embaixo da árvore para evitar a queda dos caroços (tipo azeitona) no passeio público.

Depois do corte de uma delas que fica na calçada (as outras duas estão na entrada do condomínio), Carlos vai implementar um novo passeio para adequar às normas de acessibilidade. “Deficientes físicos e visuais não têm condições de transitar aqui. O Jambolão fica no meio da calçada impedindo a circulação dos pedestres”, justifica. Para compensar o corte das três árvores, Carlos teve que investir R$ 1.500,00 em oito mudas de Ipê Roxo que serão plantadas em local adequado pela Fundação, e uma muda de Quaresmeira que será colocada no condomínio no local onde foi retirado o Jambolão.

Fotos Paulo Capocci

   


Fotos