Busca por estabelecimento:

Últimas Notícias

GERAL

 

Escola Carvalhal completa 60 anos com várias demandas

21 ABR 2017


Falta uma quadra coberta, um auditório e acessibilidade

A Escola Almirante Carvalhal, de Coqueiros, comemorou na quinta-feira, 20 de abril, o aniversário de 60 anos. Com uma programação que reuniu música, poesia e corte de bolo, os alunos celebraram o aniversário interpretando o Hino Nacional e o Rancho de Amor à Ilha. “É um dia muito especial, pois nunca imaginei estar festejando os 60 anos da escola”, diz a diretora Cristiane Goulart, professora de Artes Cênicas. “É minha escola de coração”, completa, ao lembrar que está na escola há 18 anos.  Lamentou, no entanto, a falta de um local na instituição para promover o evento.

As comemorações foram realizadas no hall de entrada do colégio, e a programação, em consequência do espaço reduzido, teve que ser dividida   em duas partes: uma com os alunos do turno da manhã, e outra com os do turno da tarde. “A situação se repete diariamente no horário do recreio. Não tem espaço para acomodar 250 alunos em cada turno (ao todo são 500 alunos do 1º ao 9º ano do ensino fundamental). Por isto, fizemos uma escala entre as séries, o que prejudica o período do recreio: ao invés de 15 minutos, fica em 40 minutos”, aponta a secretária Cláudia dos Santos Tavares.

Na verdade, a escola já está há mais de 10 anos reivindicando uma cobertura na quadra de esportes, já que em dias de chuva a criançada é obrigada a fazer Educação Física na sala de aula. “Além da chuva, no Verão, devido ao sol forte, as aulas de Educação Física são feitas na primeira hora da manhã e no final da tarde”, diz Cláudia, ao destacar que em 2012 a escola recebeu uma pequena reforma que envolveu pintura, entre outros reparos. “Mas o prédio já está cheio de rachaduras”, aponta.

Além da quadra coberta, os professores pedem - há vários anos - a construção de um auditório para promoção de eventos, e ainda a sinalização adequada- em frente ao colégio – para o uso dos alunos com  deficiência. “Temos cerca de 20 alunos com alguma deficiência que precisam de acessibilidade. Já solicitamos à Guarda Municipal, mas até agora não fomos atendidos”, ressalta a professora Marilene Medeiros.

HISTÓRIA

A escola iniciou sua história no Portal Turístico, em 1956, como Escola Agrupada de Coqueiros, voltada para o ensino de operários do Estaleiro Naval e seus filhos. Em 1957, través de decreto municipal, na gestão do prefeito Osmar Cunha, passou a ser Escola Isolada. Em 1960, passou a chamar-se Escola Reunida Almirante Carvalhal e, finalmente em 1983, começou a funcionar na Rua Bento Goiá, com o nome Escola Básica Almirante Carvalhal.

Em 4 de fevereiro de 1984 foi fundado o NEI Almirante Carvalhal (atual Nei Coqueiros), que funcionava em três salas de aula da Escola Básica. Dois anos depois, em 1986, através da construção de um muro, a Escola Básica e Nei foram separados e no ano de 2000 o NEI passou a funcionar em uma sede provisória até finalmente se instalar, em 2001, na sua atual sede, Rua Bento Goiá, 185.

Conheça toda a história da escola no livro O Ontem no Hoje: file:///C:/Users/Uso%20Privado/Downloads/livro.pdf

 

 


Fotos